SÉRIE VILÕES – PANTERA NEGRA

Capa


Vamos que vamos galerinha do Los Geeks… Hoje temos mais um herói da Marvel na nossa série de grandes vilões. Hoje vamos de Pantera Negra.

O Pantera Negra é considerado o primeiro super-herói negro da história e sempre deteve certa posição de destaque dentro da Marvel, que também trouxe ao mundo heróis afrodescendentes, como Tempestade, Luke Cage, Falcão e Blade, todos de grande relevância para suas equipes ou em aventuras solo, diferente do que ocorria em outras editoras, cujos personagens negros costumavam ficar em segundo plano.

Black-Panther-Avengers-Marvel-Comics-h

Tendo visto o seu pai assassinado e o trono usurpado por exploradores de Vibranium quando era jovem, T’Challa viajou para os Estados Unidos, onde estudou e se preparou para reaver a sua posição como príncipe na sua terra natal. Felizmente, o Pantera Negra pôde contar com a ajuda do Quarteto Fantástico quando teve de enfrentar Ulysses Klaw, o líder dos exploradores de Vibranium. Após utilizar o metal em sua maquinaria para criar monstros feitos de ondas sonoras sólidas, o próprio Klaw se submeteu ao seu invento e se transformou num ser capaz de manipular ondas sonoras, o Garra Sônica. O Pantera Negra entraria para os Vingadores logo a seguir, se tornando o primeiro super-herói negro moderno. Nos anos 70 ele convidou Falcão, o parceiro do Capitão América, para uma estadia em Wakanda. Nessa ocasião ele reformulou o uniforme de seu convidado, acoplando-lhe asas que poderiam ser acionadas mentalmente. Assim, o Falcão ganhou a capacidade de voar.

Por não ter muitos vilões conhecidos e por enfrentar muitos inimigos de outros heróis, essa postagem servirá para apresentarmos alguns dos grandes vilões da Marvel que já enfrentaram o Pantera, más que não são exclusivos dele, então não me critiquem..rsrsrs…

Agora já conhecendo mais sobre o nosso herói, é hora de irmos aos seus vilões…


20 – Cottonmouth (Boca de Algodão)

21

Esse é um vilão que ganhou bastante destaque recentemente por ter feito parte da série e por ser o grande vilão do Luke Cage, e por ser um dos maiores vilões e contrabandistas do mundo Marvel. Ele aparece nessa posição e entre os vilões do Pantera Negra pois ele já o enfrentou um certo momento, e acabou dando bastante trabalho para nosso herói.

Cottonmouth se estabeleceu como um traficante de drogas em Nova York. Quando Willis Stryker queria enquadrar Carl Lucas, ele roubou um carregamento de heroína justamente da organização dele.
Ao mudar seu nome para Luke Cage, Carl decidiu rastrear as drogas que foram usadas para enquadrá-lo. Cage usou um número de informantes em sua busca. O informante Flea foi bem sucedido em sua busca, ainda que suas investigações tenham sido descobertas. Antes de morrer pelos venenos infligidos a ele pelos homens de Cottonmouth, Flea conseguiu informar Cage de sua descoberta. Ao saber que enviou Flea para se infiltrar em sua organização, Cottonmouth teve a idéia de recrutar Cage para a sua organização. Ele deixou sua marca registrada de cobras no escritório de Luke “para lhe mostrar que isso são só negócios”, ele então enviou seus capangas Mike e Ike para fazer uma oferta para Luke. Luke conseguiu se livrar das cobras e derrotar Mike e Ike. Mike acabou dizendo onde estava Cottonmouth. Luke concordou em se juntar à organização de Cottonmouth (para saber onde seus registros foram mantidos). Cottonmouth então começou a testar a lealdade de Cage enviando-o para roubar um carregamento de heroína do rival Morgan. Luke conseguiu isso, assim ganhou a confiança de Cottonmouth e começou a trabalhar para ele até que ele o pegou tentando roubar seus registros. Cottonmouth atacou Luke, enquanto seu ajudante Slick assistia tudo. Cage, em seguida, jogou Cottonmouth em Slick que caiu pela janela e acabou morrendo. Quando Cottonmouth declarou que os supostos registros estavam na mente de Slick, Luke o jogou em cima de uma mesa, ele caiu inconsciente e então Luke chamou a polícia para vir pegá-lo.

Alter ego: Cornell Stokes.
Primeira Aparição: Power Man Vol.1 #19 (Junho de 1974).


19 – Mephisto

8

Um dos maiores vilões da Marvel, esse com certeza está entre os maiores de todos os tempos e de todos os mundos. Ele frequentemente é visto enfrentando equipes inteiras de heróis, como os Vingadores por exemplo, e entre todos esses que o enfrentou está nosso protagonista de hoje.

Mephisto é um demônio e é ele quem regula a terra extra-dimensional dos mortos, às vezes chamada de “Inferno” ou “Hades.” Mephisto é frequentemente confundido com a versão bíblica de Satã. Acredita-se que o Mephisto e muitos outros “Senhores do Inferno” foram criados da concentração de energia negativa deixada no lago do esquecimento, o “Elder Gods”, quando foram trazidos para a Terra pela entidade Atum há milhões de anos. O Surfista Prateado e Thor, o deus do trovão, tornaram-se inimigos perenes de Mephisto, que, por sinal, detesta o fato de eles serem brilhantes, exemplo de como a raça humana pode um dia vir a se tornar. Além de ser o responsável pela criação do Motoqueiro Fantasma, colocando o demônio Zarathos no corpo de Johnny Blaze. Como “Satã”, Mephisto amaldiçoou Blaze por anos.

Mephisto é um demônio de alta ordem, sendo capaz de fazer muitas coisas sobrenaturais, como: Atributos físicos super humanos, levitação, poderes ilusórios, alteração temporal, mudança de forma, a habilidade de tirar a alma dos seres vivos (mas só mediante a um pacto), além de ser capaz de se regenerar dos mais severos danos a partir de apenas um pensamento “profano”.

Alter ego: Satan, Mefistoféles, Lucifer, Belzebu.
Primeira Aparição: Surfista Prateado #3 Vol. 1 (Dezembro de 1968).


18 – Akhenaton (Akhenaten)

17

Mais um vilão que não é exclusivo do Pantera, msa que faz um regaço grande na história e acaba envolvendo nosso herói no meio da confusão. Esse deu trabalho para todos do universo.

Akhenaton é baseado na vida real do faraó da décima oitava dinastia do Egito , c. 1351-1334 aC . O personagem foi criado pelo escritor Peter David e pelo artista David Brewer . Akhenaton aparece pela primeira vez no Marvel Universe perguntando ao deus Aten por ajuda, que na verdade é o antigo apocalipse mutante. Akhenaton é posteriormente abduzido pela raça alienígena cósmica conhecida como a Ordem Celestial, que imbuca Akhenaton com o poder do Coração do Universo . Depois de um milênio de agarrar o poder, Akhenaton volta a governar a Terra e destrói seus heróis, incluindo deuses mitológicos. No entanto, o Titan Thanos usurpa o poder do Coração do Infinito e volta no tempo para impedir Akhenaton de atacar o Doutor Doom , permitindo que o último destrua o passado de Akhenaten antes de ser fortalecido pela Ordem Celestial.

Alter ego:  Akhenaton ( Akhenaten).
Primeira Aparição: Incredible Hulk # 457 Vol. 2 (Outubro de 1997).


17 – Midnight Angels (Anjos Da Meia-Noite)

16

Ex-membros leais de Dora Milaje, os Anjos da Meia-noite se separam e se rebelam contra o governo real depois de se desiludir com o governo de T’Challa.

Ayo era um membro da Dora Milaje que foi para a Cidade Dourada para ver a rainha Ramonda , a fim de impedir que um de seus colegas Dora Milaje fosse morto. Embora triste, Ramonda confirmou a sentença e o culpado Aneka foi levado para as celas da prisão de Fort Hahn . Louco na decisão, Ayo assumiu a responsabilidade de resgatar a Aneka. Ela usou um protótipo da Midnight Angel Armor e atacou a prisão, que permitiu que ambos fugissem. Mais tarde, eles se refugiaram e afirmaram que não são mais Dora Miliaje.

Após a derrota do povo na Cidade Dourada, T’Challa realizou uma audiências para a Dora Milaje em Birnin Azzaria , durante a qual os Midnight Angels exigiram que suas terras fossem independentes. O ancião Changamire fez com que Aneka percebesse o valor de seu rei e, eventualmente, fez a paz com ele. O próprio T’Challa começou a formar um conselho para escrever uma constituição para que Wakanda pudesse ter um governo democrático, onde ele continuaria sendo o rei, mas apenas como um representante do seu povo e não o seu governante.

Alter ego:  Ayo e Aneka.
Primeira Aparição: Ultimates Vol 2 # 1 ( Janeiro de 2016 ).


16 – Supremacistas (Supremacists)

15

Uma equipe composta de seis superhumanos provenientes da nação do Apartheid de Azania. Eles usam seus poderes de tortura e subjugar a maioria negra, especialmente o reino vizinho de Wakanda.

O supremacista é um grupo de seis agentes de segurança sobre-humanos que residem no país de Azania que seguem uma política do Apartheid. Este grupo é constituído por Captain Blaze , Barricade , White Avenger , Voortrekker , Hungyr e Harrier, onde são treinados em uma instalação de pesquisa de armas especiais secretamente classificada em Azania. O Supremacista vem treinando há meses até que eles sejam convocados para uma missão de invadir Wakanda depois que o Pantera Negra foi acusado de assassinar vários cidadãos de Azania. O Supremacista entrou em colisão em um prédio onde o conselho dominante da tribo estava testemunhando uma briga entre T’Challa e T’Swana, o Poderoso sobre o título do Pantera Negra. T’wana foi derrubada por Harrier e suas Taser, o que permitiu que o Pantera Negra esticasse no resto dos supremacistas. O Pantera Negra evita a captura enquanto os supremacistas aterrorizam a cidade de Wakanda. O Pantera Negra ataca e começava a derrotar cada um dos membros dos Supremacistas, um a um. A Pantera Negra derrubara o Vingador Branco e a Barricada quando ele jogasse Hungyr dentro de si e o membro Supremacista forçou a drenar o poder de seus companheiros de equipe.

Alter ego:  Vários.
Primeira Aparição: Black Panther # 1 – Black Panther: Cry the Accursed Country (Julho de 1988).


15 – Death Tiger

18

O Death Tiger não é um personagem lá muito conhecido, na verdade, ele apareceu em poucas histórias e pouco se sabe sobre sua vida.

Depois de cometer atos violentos em Wakanda, ele decidiu abandonar o país e se tornar um mercenário. Desde então, ele vive em uma cruzada para acabar com o Pantera Negra, um contrato que nunca conseguiu executar.

Alter ego:  Desconhecido.
Primeira Aparição: Avengers: Earth’s Mightiest Heroes Vol 2 # 3 ( Fevereiro de 2007 ).


14 – Pantera Americana

14

Pouco é sabido sobre o Pantera Americana no Universo Marvel dos quadrinhos, já que sua identidade secreta e origem ainda não foram reveladas. Ele é um justiceiro que já teve problemas com T’Challa, mesmo que ambos estejam do mesmo lado.

A vida do Pantera Americana foi marcada pela morte de seu pai nas mãos do amante de sua mãe. Extraditado para um tribunal sueco para enfrentar o julgamento, o assassino de seu pai entrou livremente em um tecnicismo, levando o Pantera a culpar a corrupção de estrangeiros pelo erro de justiça. Em resposta, o jovem buscou treinamento e vingança, eventualmente rastreando o assassino de seu pai na Suécia antes de executá-lo. Depois disso, o Pantera também serviu como policial em Nova York; Esta ocupação permitiu que ele dê total vazão a toda a raiva reprimida demonstrando uma extrema antipatia em relação a estrangeiros e imigrantes, um traço de caráter que atraiu a atenção do Hate-Monger . Esculpindo o homem no campeão de sua ideologia torcida, Hate Monger começou a arrumar a cozinha do inferno do relógio da Pantera Negra . Mesmo depois que ele foi libertado do controle Hate-Mongers, ele ainda lutou contra o Pantera Negra, no entanto, ele foi levado à prisão policial logo depois.

Alter ego:  Desconhecido.
Primeira Aparição: Black Panther: The Man Without Fear! #521 ( Setembro de 2011 ).


13 – Moses Magnum

13

“Eu sou Moisés Magnum, Mestre da Força Magnum! Este é o meu ultimato, primeiro-ministro. Você tem 24 horas para aclamar-me único governante absoluto da sua ilha da ilha preciosa … ou, à meia-noite, amanhã – vou afundar o Japão! ” – Moses Magnum

Moisés Magnum ficou fascinado com as armas como um jovem. Quando a Itália invadiu a Etiópia (1935-1936), ele se juntou aos invasores contra seu próprio povo. Ele eventualmente se tornou o principal fabricante de armas independente do mundo. Quando Magnum’s Deterrence Research Corporation (DRC) foi contratado para desenvolver um gás bioquímico tóxico, ele testou em inocentes sequestrados. The Punisher e Spider-Man fecharam esta operação, embora Magnum escapasse por pouco da morte.

Como Magnum Force , ele estabeleceu uma operação de mineração na ilha de Katsyu Shima para aproveitar a energia potencial do núcleo da Terra. Suas forças abduziram a geofísica Amanda Sheridan por seu conhecimento da região, mas eles se opuseram ao Power Man (Luke Cage) , contratado para protegê-la pela avó Samantha de Sheridan, cujo neto e sua família foram mortos por Magnum. A perfuração de Magnum desencadeou um terremoto maciço que Cage e Sheridan escaparam, mas Magnum caiu no eixo da broca para sua aparente morte. Ele foi salvo pelo apocalipse conquistador mutante, que deu poderes sísmicos Magnum em troca de sua servidão.

Moisés Magnum e seu exército assumiram Canaã, usurpando o poder de seu rei, Baru , adquirindo assim a imunidade diplomática . Ele usou o dinheiro dos países do contrato para ampliar a base industrial de Canaã … Ele enviou Phreak , para roubar os segredos militares de Wakanda . Ele foi parado por Deathlok, que estava ajudando o Pantera Negra a resolver um problema de computador. Ele então enviou um Terrordome para roubar o resto. Eles manipularam para parar o Terrordome e rastreou-o de volta a Canaã. Eles viajaram para uma pequena nação para conversar com o rei Baru, mas eles aprendem sobre a conquista Magnum do país. Magnum matou o operador de Terrordome por seu fracasso. Eles foram obrigados a sair em vez de criar um incidente diplomático. Ele então enviou Killjoy , para assassinar T’Challa, para lançar Wakanda no caos. Ele então reivindicou Canaã a pátria dos afro-americanos. Eles derrotaram Killjoy, mas ambos ficaram feridos na luta. Magnum contatou Deathlok através do holograma e ofereceu-lhe um lugar em seu país se ele conseguisse o Grande Mound de Vibranium . Ele recusou, então ele enviou o esquadrão de Terrordomes para assaltar o Central Wakanda . Deathlok conseguiu enfrentar o próprio Magnum, derrotando-o após uma briga curta. Sem a liderança de Magnum, seus exércitos se renderam e Canaã ficou livre mais uma vez

Alter ego:  Moses Magnum.
Primeira Aparição: Giant-Size Spider-Man # 4 (Abril de 1975).


12 – Vibrax (N’Kano)

12

N’Kano foi exposto ao Vibranium energizado do Projeto Vibrasurge por acidente. Wakanda enviou N’Kano para a América para treinar com o Quarteto Fantástico, no entanto, logo depois que ele chegou, eles se dissolveram devido à morte do Sr. Fantástico.

Vibraxas pode gerar vibrações que se manifestam de várias maneiras; Ondas de choque destrutivas, combinações de frequência sutis e progressão de si mesmo e outros através de objetos sólidos. Esses poderes não são naturais, portanto seu corpo não tem imunidade natural para eles. Ele deve usar um arnês de proteção em todos os momentos para regular seus poderes ou pode quebrar seus próprios ossos.

Alter ego:  N’Kano.
Primeira Aparição: Fantastic Four # 391 ( Agosto de 1994 ).


11 – Malícia (Malice)

11

Nakia era descendente de um suave pescador do Vale Q’Noma na nação africana de Wakanda . Desde cedo, ela foi preparada, como muitas garotas, para ser uma das “Adoradas”, uma ordem das mulheres conhecidas como Dora Milaje e servindo como concomitantes ou esposas em treinamento para o rei de Wakanda. A ordem da Dora Milaje foi criada para promover a harmonia entre as várias facções tribais rivais de Wakanda. Eles também desempenham o papel dos guarda-costas mais mortíferos do rei e servos mais fiéis e confiáveis.

 Aos 14 anos, Nakia foi aceita na ordem, e passou o resto de sua vida a crescer no Palácio Real de Wakanda desfrutando de uma infância que os tribais mais nativos só podiam sonhar. Durante esse tempo, tornou-se cada vez mais obcecada com seu rei, o herói conhecido como a ” Pantera Negra “, fantasiando abertamente sobre se casar com ele. Em um ponto, ela mesmo jogou-se cinquenta pés em uma piscina rasa para chamar a atenção de seu rei. O Pantera fez a ressuscitação boca-a-boca para reanimá-la, para o prazer da jovem adolescente.

Isso causou a paixão de Nakia por T’Challa em níveis irracionais de fantasia. Ela tentou matar sua ex-namorada, a americana Monica Lynne , expulsando-a de um avião durante uma zona de guerra. Nakia mentiu para o Pantera que Monica estava morta, mas ele imediatamente viu através dela. Nakia foi então dispensada de seus deveres em desgraça e, portanto, seria para sempre envergonhada, evitada por sua tribo e por toda a Wakanda. Depois disso ela morre e acaba sendo revivida por Killmonger, que lhe da o nome de Malícia e depois disso é declarado seu ódio ao Pantera.

Alter ego:  Nakia.
Primeira Aparição: Black Panther Vol. 3 # 1 (Novembro de 1998).


10 – Baltroc

10

Esse é outro que não é um vilão específico do Pantera e sim um vilão do Capitão América, porém em determinado momento eles se enfrentam, mesmo esse inútil não sendo capaz de fazer cócegas no Pantera, por não ter nenhuma habilidade, sua única capacidade é de pular, daí o seu no nome “Batroc, O Saltador”, além dele ser um mercenário e um mestre da forma francesa de kick boxing conhecido como savate .

Georges Batroc nasceu em Marselha , França , e serviu na Legião Estrangeira Francesa . Ele é um francês fantasiado mercenário que se especializa em savate (também conhecido como “La Boxe Française”), uma forma de kickboxing , com habilidades acrobáticas e articular flexibilidade incomum. Apesar de ter aparecido principalmente nas páginas do Capitão América , ele também enfrentou o Justiceiro , Spider-Man , Deadpool , Hawkeye , Iron Fist e Gambit . Batroc ocasionalmente criou sua própria equipe “Batroc’s Brigade” Embora a adesão tenha mudado ao longo do tempo.

Certa vez, Batroc apareceu como membro de um pequeno exército de vilões organizado por Klaw para invadir Wakanda , que incluiu Rhino , Homem Radioativo , o Canibal e o vilão Cavaleiro Negro . Ele foi derrotado pelo Pantera Negra guarda-costas reais ‘s.

Alter ego:  Georges Batroc.
Primeira Aparição: Tales of Suspense # 75 (Março de 1966).


09 – Zenzi

9

Zenzi era uma mulher Nigandana com a capacidade de aprimorar e trazer à luz as emoções mais profundas das pessoas. Quando ela estava prestes a ser morto pelas tropas do falecido Erik Killmonger na borda de uma sepultura em massa, ela conseguiu afetar os executores supostos e fazê-los se matar.

Zenzi tornou-se o líder do Exército Nigandês e se aliou com Tetu , chefe do movimento rebelde Wakandan , conhecido como The People , e usou suas habilidades para incitar tumultos. O Pantera Negra a rastreou duas vezes. Na primeira vez, na região da fronteira de Nigandan, Zenzi fez sua fuga enquanto a Pantera Negra caiu diante de suas habilidades.  A segunda vez, o Pantera e seus Hatut Zeraze emboscaram Zenzi, Tetu e vários soldados Nigandan no sudoeste de Wakanda. Durante a briga, o Pantera nocauteou Zenzi, fazendo com que ela entrasse no coma. Tetu recuou com ela e conseguiu acordá-la vários dias depois. Zenzi cortou Tetu estabelecendo termos amigáveis com uma força rebelde convivente, a Dora Milaje , usando seus poderes para frustrar um ataque de Hatut Zeraze do Pantera Negra . Zenzi mais tarde usou suas habilidades para capacitar os membros do Exército Nigandiano e fazê-los marchar em direção à Cidade Dourada em seu ato final para derrubar a Pantera Negra.

Alter ego:  Zenzi.
Primeira Aparição: Black Panther Vol 6 # 1 ( Junho de 2016 ).


08 – Reverendo Achebe

19

A história desse vilão é interessante, ele era um reverendo que cuidava de sua família e sua fazenda, mas após ser vítima da guerra que ocorria perto dali, onde viu sua mulher ser abusada pelos soldados inimigos, ele acabou levando 32 facadas e deixado para morrer, porém Achebe foi salvo após vender sua alma para Mephisto, que o permitiu matar cada um dos soldados que abusaram de sua esposa, e os  matando com trinta e duas facadas em cada.

Depois de frequentar a Faculdade de Direito de Yale , onde obteve graus em vários assuntos, Achebe retornou ao Ghudazan, onde ajudou a instigar uma guerra étnica . Quando Black Panther estabeleceu um campo de refugiados nos arredores de Wakanda para quem procurava asilo do conflito, Achebe infiltrou-se e agravou o mal-estar entre os refugiados e os Wakandans. Achebe então atraiu o Pantera Negra para fora de Wakanda corrompendo uma de suas instituições de caridade, situada na América, e fazendo com que o ” criador de cartazes ” da organização fosse morto. Enquanto o Pantera Negra estava preocupado nos Estados Unidos, Achebe causa uma revolta no campo de refugiados africano e se nomeia chefe do governo provisório que ultrapassa Wakanda. Achebe sujeita Wakanda aos seus decretos enganados, que pioram após sua conexão com Mephisto ser cortada pelas maquinações do Pantera Negra. As forças de Achebe enfraquecem sem o apoio de Mephisto, embora ele mantenha sua posição como primeiro ministro prometendo compartilhar o poder com a madrinha do Pantera Negra, Ramonda, enquanto o Pantera Negra permaneça na América.
Achebe tenta mais tarde assassinar o Pantera Negra ao ter seus aliados nos Estados Unidos colocando uma bomba em um espectador e um exoesqueleto remotamente controlável na ex-noiva do Pantera Negra, Monica. Black Panther foi capaz de desarmar o explosivo e livrar Monica do exoesqueleto com a ajuda dos Vingadores .
Quando Achebe se preparava para ser coroado rei de Wakanda, e começa a conversar com uma marioneta chamada Daki, o Pantera Negra trabalha em desenredar a conspiração que ajudou Achebe a instigar o conflito goudazano que permitiu que ele e seus apoiadores conseguissem o poder em Wakanda. Enquanto Ramonda está distraída, Achebe a afasta e adquire seus códigos para os Prowlers, os defensores robotizados de Wakanda. Achebe desencadeia os Prowlers reprogramados, cobre-se em explosivos e confronta Black Panther e seu amigo Everett K. Ross quando eles alcançam Wakanda. Achebe força Black Panther e Ross em uma tranca de morte com base em uma máquina de garra , da qual escaparam, enquanto ele foge de Wakanda.  Achebe ressurtiliza na América, onde ele contrata Deadpool para roubar Preyy, o leopardo de Erik Killmonger . Ao fazer isso, Achebe esperava que T’Challa tentasse sair de seu exílio auto-imposto para recuperar o título de Pantera Negra.

Alter ego:  Michael Ibn al-hajj Achebe.
Primeira Aparição: Black Panther Vol. 3, # 3 (Janeiro de 1999).


07 – Morlun

7

O personagem é um inimigo central de todas as versões temáticas de Spider-Man , sendo um dos seus adversários mais poderosos e perigosos. Ele é um dos muitos seres que caçam indivíduos dotados de poderes de animais. Morlun deve se alimentar de seres como o Homem-Aranha para sobreviver. Como um vampiro, ele absorve a força vital de sua vítima para se nutrir.

Durante o arco do Dark Reign (Reino Sombrio), um grupo secreto ressuscita Morlun para que ele possa devorar o tótem do Pantera Negra e deixar a cidade de Wakanda em perigo. Quando Namor convida T’Challa para se unir ao grupo chamado Kabal e recebe não como resposta, ele ataca o Pantera com a ajuda do Dr. Doom. Com isso, o Pantera estava ferido e incapacitado de lutar, então sua irmã Shuri assumiu o papel de Pantera Negra e acabou lutando contra Morlun, derrotando-o e contando com a ajuda de uma bruxa/médica, usou Morlun como sacrifício para poder recuperar T’Challa e fazer com que ele voltasse a ser o Pantera.

Alter ego:  Morlun.
Primeira Aparição: The Amazing Spider-Man # 30 (Junho de 2001).


06 – White Wolf (Lobo Branco)

6

O Lobo Branco era o líder do Hatut Zeraze, a polícia secreta de Wakanda. Como um bebê, ele sobreviveu a um acidente de avião que despencou na terra de Wakandan. Ele recebeu então a cidadania Wakandan pelo rei T’Chaka. White Wolf tornou-se o servo mais fiel de T’Chaka fazendo qualquer e tudo, não importa o quão brutal, para apaziguá-lo.

O lobo branco é o filho adotado de T’Chaka, fazendo dele o irmão de T’Challa . No entanto, seu relacionamento não é um bom. Hunter foi adotado antes de T’Challa ter nascido e foi criado como o verdadeiro filho de T’Chaka. Quando T’Challa nasceu, Hunter tornou-se o “outro” filho. Ele sempre se ressentiu de T’Challa por isso e até o culpou pela morte de seu pai. Apesar de seus sentimentos por T’Challa, ele obedientemente serve a Pantera Negra, levando o Hatut Zeraze a proteger os interesses de Wakanda.

Quando T’Challa tornou-se rei após o assassinato de T’Chaka, ele destruiu o Hatut Zeraze por causa de sua brutalidade. Hunter, com seus homens, deixou Wakanda e se tornou mercenário. Embora ressentido com este exílio efetivo, Hunter ainda amava Wakanda e, assim, resmungou o ressentimento de T’Challa para ajudar seu país quando necessário.

Alter ego:  Hatut Hunter.
Primeira Aparição: Black Panther Vol 3 # 4 ( Fevereiro de 1999 ).


05 – Venomm (Veneno)

5

Bruce Morgan deliberadamente jogou ácido no rosto de Horatio Walters (Venomm) durante uma aula de química. Suas feições ficaram horrivelmente cicatrizadas e havia assumido um aspecto cadavérico, Horatio se tornou um recluso. Logo ele se identificou com cobras porque elas eram evitadas como ele, Horatio passou anos estudando e experimentando, tornando-se um encantador de serpentes especialista e desenvolver imunidade a maioria dos venenos de serpentes. Ele foi recrutado na América por Erik Killmonger para ajudar em sua revolução para derrubar o Pantera Negra regente de Wakanda . Venomm foi escondido para o país e encarregados de Killmonger e seus Regimentos da Morte. Killmonger prometeu que seu novo regime seria um lugar em que Venomm iria encontrar uma maior aceitação do que ele tinha em os EUA.

Anos após a tentativa inicial de Killmonger de revolução, Venomm foi retratado lutando ao lado de forças Wakandan durante um conflito interno contra a tribo de Man-Ape . Isso mostrou que Venomm ficou em Wakanda e se tornou um cidadão da nação, aliciando-se com a Pantera Negra.

Alter ego:  Horatio Walters.
Primeira Aparição: Jungle Action #6 (Sep 1973).


04 – Tetu

4

Tetu é o líder do Exército Nigandês que enviou Zenzi ao Grande Mound em Wakanda para incitar uma revolta entre os mineiros de Wakandan e os militares.

Tetu era um ex-aluno em Hekima Shulē , uma academia de Wakandan . Ele deixou a civilização em busca de conhecimento além do domínio físico. Depois de não encontrar pessoas que pudessem lhe dar respostas, Tetu recuou para a região selvagem de Wakanda. Ele retornou mudou, com a habilidade de manipular as forças da natureza, e decidiu usar esse poder para punir o adquirente que explorava as pessoas pequenas.

Na busca de um Wakanda melhor, Tetu reuniu um grupo de rebeldes conhecido como o povo , e aliou-se com Zenzi e o exército Nigandan , para derrubar o rei Pantera negra . As habilidades de Zenzi foram usadas para incitar tumultos entre os mineiros de Wakanda e os militares. Brevemente depois que Zenzi relatou de volta a Tetu, o místico viajou para Hekima Shulē para visitar seu ex-professor Changamire , a quem Tetu devia a maioria de suas crenças.

Quando ele mergulhou mais profundamente na Cidade Dourada, Tetu encontrou-se a si mesmo e seus soldados superados em número pelo Pantera Negra, seus aliados e a manifestação das almas da Necrópolis , que incluía todas as antigas Panteras Negras. Os soldados de Tetu foram rapidamente subjugados e retornaram às suas formas humanas, enquanto Tetu foi derrubado por T’Challa. Tetu acreditava que o rei ia matá-lo, e fazia paz com ele, afirmando que nenhum profeta deveria viver para ver seu trabalho completo. No entanto, a Pantera Negra informou-lhe que os mortos não o teriam, e que os vivos não terminaram com ele. Manifold posteriormente teletransportou Tetu para longe, e ele foi preso, sendo guardado por outros xamãs.

Alter ego:  Tetu.
Primeira Aparição: Black Panther Vol 6 # 1 ( Junho de 2016 ).


03 – Erik Killmonger (O Terror Negro)

2

O pai de N’Jadaka foi pressionado em trabalhar para o vilão Klaw. Após Klaw fugir do país, N’Jadaka foi exilado pelo rei de Wakanda. Ele terminou em Harlem , Nova Iorque , onde desenvolveu um ódio de ambos: Klaw e o rei Wakandano. N’Jadaka mudou seu nome para Erik Killmonger, e dedicou sua vida a vingar a morte de seu pai. Ele acreditava que a fraqueza da parte de T’Chaka pai de T’Challa foi um fator fundamental para permitir que seus pais serem mortos. N’jadaka ficou educado nos Estados Unidos, ganhando um PhD em Engenharia e MBA pelo MIT.

Ele contatou T’Challa o Pantera Negra, que repatriou Killmonger em Wakanda. Ele fingiu tentando fazer as pazes com o rei. Killmonger estabeleceu-se em uma aldeia que mais tarde mudaria seu nome para Vila N’Jadaka em homenagem a ele. Killmonger dedicou seu tempo para a derrubada do governo de T’Challa. Killmonger havia devastado aldeias para atrair a atenção do Black Panther. Quando confrontado por T’Challa, Killmonger indeferiu o Príncipe Africano, enquanto T’Challa lutava com seu leopardo Preyy (Predador).Quando T’Challa matou o leopardo, abrindo sua mandíbula, Killmonger atacou jogando-o sobre uma cachoeira. T’Challa sobreviveu à queda, mas agora teve que lutar com Killmonger e Venomm. Killmonger com Sombre e Rei Cadáver vão para a batalha contra T’Challa. Eles, então, forçá-lo a lutar contra um gorila branco. No entanto, durante a luta T’Challa é capaz de matar Sombre e depois Killmonger e sua equipe.

Usando seus anéis, o mandarim foi capaz de amplificar o Altar Ressurreição e restaurá-lo à vida. Killmonger voltou para sua amante e aliada, Senhora Slay e os dois conspiraram para matar o Pantera Negra, e fazer Wakanda retornar aos seus caminhos antigos. Enquanto Tony Stark visitou Wakanda, Senhora Slay drogou James Rhodes e levou-o prisioneiro. Killmonger parecia ter matado o Pantera Negra, e culpou Rhodes e Stark, convenceram os Wakandanos que ele poderia levá-los a vingança. O Pantera Negra voltou, revelando que ele tinha falsificado a sua morte usando um LMD. O Pantera Negra derrotou Killmonger. O Mandarin recordou o seu anel, e Killmonger revertido para um esqueleto inanimado. Os seguidores de Killmonger ressuscitaram ele novamente e ele iria colidir com T’Challa em diversas outras ocasiões.

Alter ego:  N’Jadaka.
Primeira Aparição: Jungle Action #6 (Setembro de 1973).


02 – Ape-Man (Homem-Gorila) ou M’Baku

1

M’Baku foi um dos maiores guerreiros da nação Africana Wakanda, perdendo apenas para T’Challa , o Pantera Negra. Enquanto o T’Challa, rei de Wakanda, estava de licença de suas funções reais para servir os Vingadores na América, o ambicioso M’Baku conspirou para usurpar o trono. A cultura Wakandiana tinha evoluído de uma sociedade de caçadores-guerreiros e foi tradicionalmente governado por seu maior guerreiro. O Pantera Negra baniu o culto rival do Gorila Branco de Wakanda, enquanto o culto Pantera foi dominante. M’Baku desrespeitando as leis de T’Challa reavivou o culto, pessoalmente, perseguindo e matando um dos gorilas brancos raros que vivem nas florestas perto de Wakanda. Ao tomar banho no sangue do e comer a carne do gorila mistico isso confere grande força para M’Baku.
Quando o Pantera Negra voltou a Wakanda com os Vingadores , M’Baku, chamando-se de Homem Gorila, desafiou abertamente o direito do Pantera Negra para governar. M’Baku lamentou revitalização tecnológica da T’Challa de Wakanda e procurou fazer com que toda a tecnologia banida para que o país poderia retornar ao seu primitivismo natural. Depois de uma longa batalha, o Homem-Macaco superou o Pantera. No entanto, quando ele vinculado T’Challa à estátua gigante de uma pantera e tentou derrubá-lo em cima de seu inimigo, a estátua em vez desmoronou, enterrando M’Baku.

O Pantera Negra, acreditando que o Homem Gorila tinha sido esmagado, voltou para Nova York com os Vingadores. Mas o assecla de M’Baku, N’Gamo reviveu o rebelde. M’Baku seguiu a Pantera para Nova York. Lá, o Homem Gorila se aliou com o Ceifador (Grim Reaper) e sua Legião Letal (Lethal Legion), uma equipe de curta duração sendo inimigos dos Vingadores, incluindo o Laser Vivo , Magnum (Power Man), e o Espadachim . O Homem Gorila seqüestra Monica Lynne, namorada americana do Pantera Negra, e atraiu T’Challa ao cativeiro. Quando o resto dos Vingadores veio em socorro do Pantera, foi, no final, o Capitão América, que fisicamente superou o Man-Ape.
Pantera decretou que o Homem Gorila nunca poderia voltar a Wakanda, sem enfrentar a pena de morte. Humilhado, o Homem Gorila escolheu a vaguear pelas partes menos civilizadas do mundo, realizando trabalho mercenário para sobreviver e manter um perfil baixo. Ele acabou sendo contactado novamente pelo Grim Reaper, que estava tentando montar uma nova Lethal Legion para se vingar sobre os Vingadores. O Homem Gorila serviu como um dos capangas do Ceifador até atitudes racistas do Ceifador levou o Homem-Macaco a abandonar a causa do Ceifador. Mais tarde, o Man Ape foi convidado a juntar-se a versão mais recente das equipes vilão Mestres do Terror, mas logo depois, os planos finais do Mestre foram frustrados pela equipe herói Thunderbolts.
O caçador totêmico Morlun foi ressuscitado em Wakanda, onde ele assassinou Man-Ape sugando a vida dele e alimentando-se de seu totem.

Alter ego:  M’Baku.
Primeira Aparição: Avengers # 62 (Março de 1969).


01 – Garra Sônica (Klaw)

3

Tendo provado que eram dignos em batalha, o Quarteto Fantástico ouve atentamente o Pantera Negra revelar a sua origem e também um segredo nacional de Wakanda. Infelizmente, um vilão megalomaníaco também conhece o segredo e desencadeia um ataque aos novos aliados.

Ulysses Klaw é um físico da Holanda, que trabalha na Universidade de Delft. Projeta uma máquina capaz de converter ondas sonoras em massa física (“som solidificado”). Porém, um dos materiais necessários está numa pequena nação da África, chamado Wakanda. Precisando desesperadamente de uma amostra, ele organiza um grupo de mercenários para ajudá-lo a roubar o metal africano. Quando T’Chaka, o líder do culto nativo ao Pantera Negra, recusa-se a dar o metal a Klaw, ele ordena seus homens a matarem T’Chaka. Ao testemunhar a morte do pai o adolescente T’Challa, o atual Pantera Negra, pega a arma de ondas sonoras de Ulysses e a usa para matar os mercenários e amputar a mão esquerda dele com uma explosão.

Voltando para os Estados Unidos, Klaw coloca uma uma arma de som para substituí-la. Dez anos mais tarde, ele retorna a Wakanda jurando vingança, mas o Quarteto Fantástico e T’Challa, o novo Pantera Negra, o impedem de cumprir seu plano. Klaw usou sua arma para atacar o reino do Pantera Negra, criando “criaturas de som solidificado”. Com a derrota iminente, ele usou a arma em si mesmo e se transformou num ser de som, o Garra Sônica.

O Garra Sônica teve uma participação importante em Guerras Secretas, quando capanga do Doutor Destino. O vilão não foi raptado pelo Beyonder. Ele foi inadvertidamente reconstituído por Destino, depois que havia sido aparentemente destruído pela mutante Cristal, a mutante que absorve som e o converte em luz. Mais tarde, ele tentou atacar Nova York com sua máquina, não conseguiu e foi preso. Depois que foi solto, passou a fazer parte do grupo Mestres do Terror. Foi também integrante do Quarteto Terrível.

Alter ego:  Ulysses Klaw.
Primeira Aparição: Fantastic Four # 53 (Agosto de 1966).


Bônus – Kraven (Kraven – O Caçador)

20

Kraven é um vilão muito famoso por estar sempre enfrentando vários heróis de diversos universos, dentre eles o Pantera foi uma das vítimas e sofreu para vencê-lo.

O motivo dele está nessa posição e nem entre os principais, é pelo fato que o Kraven já participou dessa série de vilões, nos Vilões do Homem-Aranha, onde você pode conferir mais sobre ele .



black_panther_png_render_by_mrvideo_vidman-d9vop79

E ae galera, gostou  de conhecer mais sobre os vilões desse grande herói? Se sim, não deixe de comentar e dizer o que achou. Não esqueça também de deixar sua opinião sobre o nosso site e fazer aquele pedido dos inimigos do seu herói preferido, para que em breve seus vilões apareçam aqui nesse quadro.

Fiquem bem e aguarde até o próximo herói.

Caso queira conferir nossos outros posts dessa série, clique AQUI.


NOS ACOMPANHEM TAMBÉM EM:

FACEBOOK —- TWITTER —- INSTAGRAM

“Me tornei um vingador com a esperança de poder libertar a sociedade daqueles que pretendem destruí-la…” T’Challa


Gostou? Compartilhe!

 



[Total: 1    Média: 5/5]

Flamenguista fanático, viciado em animes, séries, filmes e games . Frase: “Eleve seu cosmo, aumente seu ki, confie no coração das cartas e nunca se alie ao lado negro da Força”.