SÉRIE VILÕES – MULHER-MARAVILHA

capa


E ae meus jovens, hoje nossa série vai falar dela que é uma das heroínas mais faladas do momento, pois seu filme vem tendo grande repercussão nas mídias.

Nessa série já falamos de heróis como o Homem-Aranha, Hulk e do Flash, e hoje iremos falar dos vilões da nossa amazona mais famosa. Tentaremos mostrar nesse post quem são os principais inimigos dela e tentar apresentar para aqueles que não conhecem quem são esses rivais que ajudaram a nossa Diana a ser uma das mais conhecidas heroínas das hq’s.

a152a2eed3149557de7875d92be2cad5

Para quem não conhece a história dela, vou tentar explicar… Diana Prince é a identidade secreta da original Mulher-Maravilha, ambos os nomes são o alter ego da Princesa Diana da Ilha Paraíso.
Depois de deixar a Ilha Paraíso, a Princesa Diana, vestida como Mulher-Maravilha, pilota seu avião invisível em direção à costa americana, conduzindo o ferido Major Steve Trevor de volta ao “mundo dos homens”. Na América, a apaixonada amazona conhece a tenente Diana Prince, uma enfermeira militar do hospital onde Trevor estava. A princesa paga a tenente, que concordar ceder sua identidade civil à Mulher-Maravilha. Após a troca, a verdadeira Prince partiu dos EUA para encontrar o noivo na América do Sul, deixando o cenário livre para a heroína. Tempos depois, a verdadeira Diana Prince voltou a recuperar sua identidade anterior. Mas, devido a alguns problemas com os nazistas, ela decidiu sair novamente. Ela tem uma nova identidade: Diana White. Diana é filha da Rainha Hipólita da Ilha Paraíso, e é uma guerreira amazona. Como Diana Prince ela usa cabelo coque e óculos e para se transformar em Mulher Maravilha, faz um rodopio de balé e se torna a heroína.
Diana Prince, tem uma relação de amor platônico com Steve Trevor porém tem de esconder este romance e não revelar sua identidade secreta como Mulher Maravilha . Porém Diana Prince como Mulher Maravilha ao entrar para Liga da Justiça acaba despertando sentimentos por parte de Bruce Wayne o Batman e Clark Kent o Superman.

Sabendo disso, vamos ver quem são esses vilões que a faz ser uma das personagens mais fortes da DC Comics…


Barão Blitzkrieg

19

Oficial do exército alemão especialmente vicioso que foi cegado e desfigurado quando um prisioneiro do campo de concentração jogou uma garrafa no rosto. Cientistas alemães restaurado a visão, mas não sua aparência. Então, eles experimentaram em Blitzkrieg, dando-lhe força sobre-humana, invulnerabilidade, feixes de energia óptica e a capacidade de voar. No entanto, cada uma dessas habilidades são manifestados um de cada vez e somente com o treinamento ele é capaz de incorporá-las em conjunto.

Alter Ego: Baron Reiter
Primeira Aparição: World’s Finest #246 (Setembro de 1977)


Panzer Vermelho

18

Pseudônimo de alguns personagens. A primeira encanação foi com Helmut Streicher, trabalhava como cientista para Adolf Hitler. O segundo a assumir é um garoto moreno perturbado onde o pai branco matou a mãe por achar que ela o traiu. O terceiro Panzer Vermelho foi assassinado, para apenas ser substituído por Justin, um jovem operador da C.O.L.M.E.I.A. e teve a chance de tornando-se o quarto Panzer Vermelho.

Alter Ego: Helmut Streicher
Primeira Aparição: Wonder Woman #228 (Fevereiro de 1977)


Gundra, A Valquíria

17

Na mitologia nórdica, as valquírias eram deidades menores, servas de Odin (ou Wotan, na mitologia germânica). O termo deriva do nórdico antigo valkyrja (em tradução literal significa “as que escolhem os que vão morrer”). Nos séculos VIII e IX o termo usado era wælcyrge. As valquírias eram belas jovens mulheres que montadas em cavalos alados e armadas com elmos e lanças, sobrevoavam os campos de batalha escolhendo quais guerreiros, os mais bravos, recém-abatidos entrariam no Valhala. Elas o faziam por ordem e benefício de Odin, que precisava de muitos guerreiros corajosos para a batalha vindoura do Ragnarok. As valquírias escoltavam esses heróis, que eram conhecidos como Einherjar, para Valhala, o salão de Odin. Lá, os escolhidos lutariam todos os dias e festejariam todas as noites em preparação ao Ragnarok, quando ajudariam a defender Asgard na batalha final, em que os deuses morreriam. Devido a um acordo de Odin com a deusa Freya, que chefiava as valquírias, metade desses guerreiros e todas as mulheres mortas em batalha eram levadas para o palácio da deusa. As valquírias cavalgavam nos céus com armaduras brilhantes e ajudavam a determinar o vitorioso das batalhas e o curso das guerras. Elas também serviam a Odin como mensageiras e quando cavalgavam como tais, suas armaduras faiscavam causando o estranho fenômeno atmosférico chamado de Aurora Boreal.

No Universo DC, Valquírias foram evocadas em 1940 pela Lança do destino de Adolf Hitler para enfrentar a Sociedade da Justiça. As guerreiras escoltaram um bombardeio nazista até Washington, combatendo os heróis por horas a fio. Sobre o céu da Casa Branca, um dos heróis conseguiu destruir a aeronave (O Superman da Terra 2 no Pré-Crise; Alan Scott no Pós-Crise). Uma das valquírias sorrateiramente entrou na Sala Oval e tentou matar o Presidente Franklin Delano Roosevelt com sua lança. O Átomo (Al Pratt) heróicamente se jogou contra o raio, salvando o presidente. (No Pré-Crise, Superman então agarrou a valquíria, que desapareceu para o Valhalla; no Pós-Crise, a valquíria conseguiu matar Roosevelt num segundo ataque e o Espectro teve que apelar a Voz para que o ressucitasse). No PósCrise, uma das valquírias, Gudra, permaneceu em nosso mundo e integrou o grupo nazista Eixo Amérika.

Alter Ego: Gundra The Valkyrie
Primeira Aparição: Comic Cavalcade #17 – The Valkyries’ Prey (Outubro de 1946)


Sumo, O Samurai

16

Um vilão japonês durante a Segunda Guerra Mundial. Ele era o melhor aluno de um mestre das artes marciais com o nome “O Iluminado”, e foi selecionado para beber a “Poção do Poder”, aumentando imensamente a sua força, velocidade, resistência e sentidos num ponto de comparação onde um homem com visão e audição normais poderia ser considerado cego e surdo.

Alter Ego: Sumo
Primeira Aparição: All-New Collectors’ Edition #C-54 (Janeiro de 1978)


Homem-Ângulo

15

O Angle Man era um criminoso mal sucedido que ficou obcecado com crimes com “ângulos” imbatíveis. Ele atormentou Wonder Woman (Mulher-Maravilha) com uma série de esquemas cada vez mais inteligentes que envolveram “ângulos”. Não está claro se ele tinha ou não uma contraparte na Terra Dois .

Ele reapareceu depois onde ele agora usa um traje amarelo e verde e empunhando o Angler, um triângulo de Penrose que poderia deformar o tempo e o espaço de diversas maneiras. Uma página de texto naquela edição explicou que ele havia sido recrutado e equipado pelo fundador da Sociedade Secreta do Super Villanes, Darkseid, apenas para usar o Angler para avançar no tempo até um ponto depois de Darkseid ter sido exposto e deposto como o líder secreto da Sociedade . Ele também começou a aparecer no título Wonder Woman mais uma vez. Em um ponto, ele luta contra a amiga Etna Candy da Wonder Woman. Este Angle Man morreu na série limitada de 1985 Crisis on Infinite Earths , aparentemente como resultado da tentativa de usar seu Angler durante os grandes distúrbios dimensionais causados por esse evento.

Alter Ego: Angelo Bend
Primeira Aparição: Wonder Woman # 70 (Novembro de 1954)


Phoebus Apollo

14

Phoebus Apollo (para não confundir com o super-herói Apollo) teve uma história breve e é mais um dos deuses Olimpianos na lista de Diana. Ele foi criado por William Moulton Marston e Harry G. Peter, mas sua aparição mais significativa se deu com a renovação do personagem pós-Novos 52, por Brian Azzarello e Cliff Chiang, em 2011.

Ele era um dos filhos favoritos de Zeus e usou seu status para conquistar o Olimpo depois que seu pai desapareceu. Ele só foi detido por Diana, quando ela ameaçou a vida de sua irmã, Artemis, o fazendo desistir. Considerando seu status divino, ele está na categoria de vilões mais poderosos da heroína.

Alter Ego: Phoebus Apollo
Primeira Aparição: Wonder Woman Vol 4 # 1 ( Novembro de 2011 ).


Genocide (Genocídio)

13

A própria versão do Apocalypse para a Mulher-Maravilha, a Genocide é uma vilã bem nova, pelo menos em comparação aos outros. Ela surgiu em 2009, criada por Gail Simone e Aaron Lopresti e sua origem nos quadrinhos é bem interessante.

A Genocide é uma experiência que juntou o corpo morto da Mulher-Maravilha do futuro, amostras de regiões da Terra que foram palco de genocídios e magia. Ela é basicamente uma máquina de destruição equivalente ao Apocalypse para o Superman, um pouco menos irracional e, como era o próprio corpo da Mulher-Maravilha, ela também possuía o Laço da Verdade.

Alter Ego: Diana Prince
Primeira Aparição: DC Universe # 0 (Junho de 2008)


Anti-Monitor

12

Esse não é um vilão exclusivo da Mulher-Maravilha, e sim de todos do universo DC.

Há incontáveis anos atrás, em um planeta chamado Oa, houve um cientista chamado Krona que era obcecado por entender a ordem do universo, mas para isso precisa entender sua criação, o Big Bang. Ele conduziu um experimento que não deu certo e gerou tanta energia (semelhante ao Big Bang) que acabou por criar vários outros universos paralelos. Um dos universos criados foi o Universo de Antimatéria, onde surgiu o Antimonitor, um ser cósmico infinitamente poderoso. No universo “comum”, que abriga as Terras paralelas, havia o Monitor, porém esse era bondoso, diferente de sua contraparte. Quando eles descobriram a existência um do outro começaram uma guerra imensa sem precedentes, que terminou com os dois hibernando por 9 milhões de anos. Porém após isso o Antimonitor acorda e descobre que sempre que destrói um universo de matéria comum o seu universo de antimatéria se expande e ele fica ainda mais poderoso. Por isso ele resolve viajar por todos os universos de matéria comum para destruí-los.

Antimonitor está na seleta lista dos seres mais poderosos de todos os universos. Ele é capaz de absorver e disparar descargas de energia que varrem galáxias inteiras. É capaz ainda de alterar a realidade como quiser, inclusive desenvolvendo (aparentemente) qualquer poder existente. Seus poderes são tão vastos e ele é tão resistente que lutou por muito tempo sem parar contra todos os heróis das mais diversas realidades diferentes.

Depois de causar uma destruição enorme, acabando com vários universo e Terras paralelas, ele usa um golpe final e acaba morrendo. Porém ele renasce um tempo depois e por um período de tempo ele fica com a Tropa Sinestro, sendo altamente influenciado pelos pensamentos do líder.

Alter Ego: Anti-Monitor
Primeira Aparição: Crisis on Infinite Earths #4 ( Julho de 1985 )


Maxwell Lord

11

Em princípio, Lord foi um empresário o qual financiou a Liga da Justiça Internacional, cujas atitudes nem sempre foram éticas. Durante a saga Invasão, a detonação da bomba genética faz um metagene latente em Lord foi ativado, o que faz com que ganhe o dom de controlar as pessoas telepaticamente. Ele foi morto pela Mulher-Maravilha durante a Crise Infinita, pois controlou mentalmente o Superman a fim de atacar ela e Batman. A amazona teve de quebrar o pescoço de Lord em legitima defesa.

Max Lord já esteve do lado dos heróis e, em sua época de super-herói, trabalhou na organização conhecida como L.A.W., onde conheceu Questão, Pacificador, Besouro Azul, entre outros. Max foi um dos maiores agentes dessa organização, mas após ser atingido pela bomba genética a qual ativou seu dom de dominar mentes, tudo mudou. Ele ainda queria salvar o mundo, mas, para ele, isso implicava em por fim à maior ameaça de todas: os super-heróis. Ele pensou por que um homem famoso, rico, aparentemente um pilar para a sociedade como Lex Luthor era considerado perigoso e não o Super-Homem. Lord deu fim a um projeto para eliminar os superseres e matou um de seus ex-aliados, o besouro-Azul (Ted Kord), quando este descobriu tudo e tentou expô-lo. Max elimina o ex-amigo com um tiro na cabeça, à queima roupa. Seus planos falham quando o Questão também os descobre, reúne agentes da L.A.W. e saem à caça dele. Por fim, o Questão quase mata Lord, mas ele consegue escapar antes de isso acontecer.

Alter Ego: Maxwell Lord IV
Primeira Aparição: Justice League #1 (Maio de 1987)


Astarte

10

Na Pre-Crise, Astarte foi pensado para ser uma guerreira alienígena. Ela viajou em sua Cobra de Prata em todo o universo, procurando por uma pessoa específica. Essa pessoa revelou-se Wonder Woman , e quando ela encontrou a Amazônia, ela imediatamente atacou. De alguma forma, Astarte pensou que ela tinha alguma reivindicação para o corpo da Mulher Maravilha, e tornou-se possuído por algum mal. No entanto, depois de testemunhar os atos heróicos da Wonder Woman, Astarte percebeu que estava errada e aparentemente se matou.

Wonder Woman, confusa com a situação, fez com que sua mãe, Hippolyte, examinasse os restos de Astarte. A aparência de Hippolyte desencadeou o retorno de Astarte, e ela atacou o grupo das amazonas no espaço exterior. Hippolyte finalmente percebeu que Astarte era o espírito de Diana, a irmã de Hippolyte, que havia sido morta por Hercules antes que as Amazonas fundassem a Ilha Paraíso . O corpo da Mulher-Maravilha foi modelado na imagem de Diana, o que levou Astarte a pensar que era seu próprio corpo, agora possuído pelo mal. Astarte, chocada com essa revelação, deixou seu corpo dourado e se juntou a Athena e Afrodite na vida após a morte.

Alter Ego: Astarte
Primeira Aparição: Wonder Woman Vol 3 # 42 ( Maio de 2010 )


Cisne Prateado

9

Helen Alexandros era uma dançarina de balé grega que se transformou no Cisne de Prata . Helen recebeu o nome de Helen de Troy , mas ela não tinha muito em comum com ela. Ela era linda e tinha uma pele terrível, o que impediu que ela se tornasse uma bailarina principal. Irritada e desesperada, ela gritou para os céus para se vingar dos homens.

O deus de guerra, Marte , respondeu à chamada de Helen, transformando-a no belo e supercavado Cisne de Prata, mas só tornaria a mudança permanente se Helen concordasse em matar a Mulher Maravilha por ele. Até então, a mudança só duraria uma hora por vez). Por pura chance, Helen aprendeu a identidade secreta da Wonder Woman e tornou-se inquilina na casa de Georgetown . No começo, ela apenas tentou apertar Wonder Woman, mas depois, ela se uniu ao aliado ectoplasmático do Dr. Psycho , . Eles tiveram a vantagem, mas uma vez que Steve Trevor derrotou Psycho e seu Ectoplasmitron, Swan perdeu seu aliado e foi rapidamente derrotado.

Alter Ego: Helen Alexandros
Primeira Aparição: Wonder Woman # 288 ( Fevereiro de 1982 )


Discórdia

8

Segundo a mitologia, a filha feia de Hera e Zeus fugiu do Olimpo e foi viver com os Titãs na Via Láctea, onde teve 14 filhos com Éter. Fadiga, Batalha, Calúnia e Difamação, Fome, Tristeza, Matança e assim por diante… Éris também é culpada por causar a Guerra de Tróia. Nos quadrinhos, era muito apegada a seu irmão Guerra.

Eris é a deusa do conflito e do caos, e é a criadora das Maçãs Douradas da Discórdia, famosa na história da Guerra de Tróia . Sua homóloga romana é Bellona . No mito antigo, ela também é identificada com a deusa grega Adrestia . Quando a rainha Hippolyta concordou em abrir seu país de Themyscira para o mundo exterior, Eris usou as Maçãs Douradas da Discórdia para que os vários dignitários das Nações Unidas lutassem entre si. Wonder Woman conseguiu derrotar a Eris, mas o evento causou uma perspectiva negativa para as amazonas pelos forasteiros e os planos da Eris permaneceram assim do seu lado, apesar da derrota.

Eris foi mais tarde morto pelo filho de Vulcan durante a história da Guerra dos Deuses . Seu espírito ressurgiu anos mais tarde como parte de uma trama projetada por seus irmãos mortos, Phobos e Deimos, para fundir Gotham City com o Areopagus , capital do trono de Ares. Eris possuía o super vilão Poison Ivy enquanto seus irmãos possuíam o Joker e o Espantalho . Mais tarde, foram derrotados pelos esforços combinados de Wonder Woman, Batman , Robin , Troia , Wonder Girl , Nightwing , Artemis e o Huntress .

Alter Ego: Éris
Primeira Aparição: Wonder Woman Vol 4 # 2 ( Dezembro de 2011 )


Giganta

7

Ainda que Doris Zuel seja bem conhecida por suas aparições na animação dos Superamigos, onde muitos pensavam que ela era uma inimiga para o Apache, na verdade ela nasceu (e sempre foi) uma das maiores vilãs da Mulher-Maravilha. A cientista, que também já teve um caso com o Elektron, apareceu pela primeira vez em Mulher-Maravilha #9, em 1944. A origem de seus poderes é uma das mais bizarras dos quadrinhos, quando envolve a tentativa de transferência de seu corpo para o da Mulher-Maravilha, o que acaba dando errado, então ela é transferida para uma Gorila, de onde tirou seu nome, Giganta, e, só depois, volta para um corpo humano, que nem mesmo era o seu original, roubado de uma artista circense. Assim, ela descobre que pode mudar o tamanho de seu corpo.

Alter Ego: Doris Zuel
Primeira Aparição: Wonder Woman #9 (Vol. 1) (1944)


Doutor Psycho

6

Dr. Edgar Cizko, o Dr. Psycho é um inimigo criminoso telepático e jurado da Mulher-Maravilha. Ele já era um psicólogo que muitas vezes era ridicularizado e ridicularizado por seus colegas por seus estudos em psiônica e o poder da mente, mesmo dando-lhe o apelido “Dr. Psycho”, fazendo-o jurar vingança contra todos os que zombavam dele. Mais tarde, ele desenvolveu vastos poderes psíquicos que lhe permitiram entrar e às vezes moldar os sonhos das pessoas, controlar as mentes e projetar ilusões.

Alter Ego: Edgar Cizko
Primeira Aparição: Wonder Woman # 5 (julho de 1943)


Primogênito

5

Introduzido nos Novos 52, é o primeiro filho de Zeus e Hera que foi banido e aprisionado por séculos. O mais poderoso de todos, se liberta e jura vingança contra toda sua família e irá conquistar o Olimpo matando a todos.

A verdadeira origem do Primeiro nascido é um segredo dos Deuses do Olimpo . Segundo eles, o primeiro nascido foi o primeiro filho de Zeus e Hera . No dia de seu nascimento, uma profecia foi recitada que algum dia ele se sentaria no trono de seu pai com o resto da família como cadáveres à sua volta. Para impedir que isso acontecesse, Zeus ordenou que uma bruxa matasse o bebê. Hera implorou a bruxa por misericórdia e, em vez disso, deixou o bebê em um velto na África , para se defender.

Usando seu poder incipiente, ele requisitou um maço de hienas para trazer comida. Ele cresceu até a idade adulta e tornou-se forte. Ele finalmente se transformou em um homem gigante e soube de sua herança. Ele criou um exército de híbridos Humanos-Hyena para assumir o controle de inúmeras civilizações e matou um dragão para ganhar armadura especial. Ele finalmente tentou assumir o Olimpo apenas para Poseidon para acabar com seu exército com um maremoto e Zeus para enterrá-lo debaixo da Terra. Seus exércitos foram então levados pelo Hades.

Milhares de anos depois, após o desaparecimento de seu pai, libertou-se da crosta da Terra na Antártida e foi saudada por sua meia-irmã Cassandra e seu grupo de cientistas. Ele comeu um dos cérebros dos cientistas para aprender inglês moderno, então permite que ela se junte a ele em seu objetivo de assumir o Olimpo.

Alter Ego: Desconhecido
Primeira Aparição: Wonder Woman Vol 4 # 13 ( Dezembro de 2012 ).


Rainha das Fábulas

20

Tsaristsa é uma feiticeira monarca exilada por Branca de Neve de outra dimensão. Aprisionada no Livro de Fábulas, foi acidentalmente liberta e parou nos Estados Unidos, onde transformou Manhattan em uma floresta encantada cheia de criaturas de contos de fadas. E ao confundir uma TV com um espelho mágico, ela pediu que lhe mostrasse a Branca de Neve. Acreditando que a heroína era a Branca de Neve, ela a confrontou, e colocou a heroína em um sono profundo na floresta encantada. Cabendo ao Aquaman fazer o papel de príncipe e acordá-la com um beijo.

Alter Ego: Tsaritsa
Primeira Aparição: JLA #47 (Novembro de 2000)


Cheetah

4

Uma arqueóloga egoísta que bebeu uma poção (alterado nos Novos 52, onde cortou-se com uma faca mágica) que a transformou em Mulher-Leopardo. Enquanto Diana foi abençoada com poderes desde o nascimento e os usa para proteger os inocentes, Barbara é uma humana que buscou o poder para seus próprios fins malévolos e agora só se satisfaz causando destruição. Sua obsessão no início com Diana estava em tentar roubar o Laço da Verdade de Mulher-Maravilha, mas, eventualmente, isso mudou a ela simplesmente querer derrotar a Amazona em combate.

Alter Ego: Barbara Ann Minerva
Primeira Aparição: Wonder Woman Vol 2 #7 (Agosto de 1987)


Dra. Cyber

3

A Doutora Cyber é uma brilhante cientista vingativa cuja beleza foi destruída, ela agora usa um terno de poder que lhe dá atributos sobre-humanos e emprega muitos poderosos armamentos de alta tecnologia. Ela é considerada uma dos inimigos mais mortíferos da Mulher-Maravilha.

Alter Ego: Cylvia Cyber, Adrianna Anderson
Primeira Aparição: Wonder Woman #179 (Novembro–Dezembro 1968)


Cirse

2

A imortal e sedutora Feiticeira-Deusa da Magia é inimiga de todas as Amazonas, especializada em magias, ilusões, teletransporte e, e transformar os outros em animais. Entre outras coisas, ela pode alterar as mentes, o fogo destrutivo, explosões de energia mágica, ressuscitar os mortos (como ela fez com a Medusa & Hipólita), e transformar objetos em seres. O surgimento da Princesa das Amazonas abalou Circe, que temia uma profecia lançada por Hécate: “Sob a morte da bruxa e o nascimento da bruxa, Hécate, por nome e escolha, irá repossuir sua alma”. Acontece que Hécate fazia parte do trio de deusas lunares juntamente com a deusa Diana (Ártemis) e a titânide Selene; Circe achou que a Mulher-Maravilha, por ter o nome de Diana, poderia tomar-lhe o poder. Desde então decidiu perseguir a heroína, atrapalhando e atormentando a vida dela.

Alter Ego: Circe
Primeira Aparição: “Mulher Maravilha Vol. 1 #37 (Set/Out 1949)


Ares

1

Deus da Guerra da mitologia grega, ele incorpora todos os aspectos negativos do conflito. Como esperado, ele é um dos maiores guerreiros do universo DC. Mas ele também provou se perigoso através de suas manipulações sombrias e planos intrincados. Ele também possui velocidade sobre-humana e agilidade sobre-humana igual à de Hermes, uma vez que ele absorve enormes quantidades de energias psíquicas que lhe dão seus poderes. Sendo ele ser um deus da guerra, violência, raiva, ódio, morte e derramamento de sangue o tornam mais forte e cura todas as feridas que ele pode receber como sua alma é capaz de absorver a energia psíquica criada pelos acontecimentos. Sua armadura é praticamente indestrutível e suas armas são maiores do que a dos mortais. Ele pode metamorfosear seu ser em qualquer forma que ele deseja e pode se teletransportar a si próprio e outros. Ao mesmo tempo, ele também foi reconhecido como o deus da morte do panteão grego, tem controle sobre os mortos e capaz de ressuscitar e comandar um exército de mortos-vivos do submundo para fazer sua vontade, e, em seguida, enviá-los de volta quando quisesse. Sendo um deus, ele também é imortal e não pode ser prejudicado por armas mortais, apenas mágicas.

Alter Ego: Ares
Primeira Aparição: Wonder Woman #1 (Verão de 1942)



 

wonder-woman-alex-ross-67029

Então foi isso galera, fechamos aqui mais um capítulo da nossa série de vilões, e como prometido o próximo será um vilão da Marvel, para sempre intercalarmos com as duas franquias e agradar a todos, então aguarde.

Se você gostou dessa postagem não esqueça de comentar e nos dizer o que está achando dessa série que já teve Hulk, Flash e o Spiderman e que você poderá conferir clicando AQUI. Não esqueça também de nos seguir em nossas redes sociais também abaixo. Abraço e até a próxima!


NOS ACOMPANHE TAMBÉM EM:

FACEBOOK —- TWITTER —- INSTAGRAM

“Se você precisar parar um asteroide, você chama o Superman,
se você precisar de resolver um mistério, você chama o Batman,
mas se você precisa de acabar com uma guerra,
aí você chama a Mulher-Maravilha!” -PRINCE, Diana.


Gostou? Compartilhe!



[Total: 1    Média: 5/5]

Flamenguista fanático, viciado em animes, séries, filmes e games . Frase: “Eleve seu cosmo, aumente seu ki, confie no coração das cartas e nunca se alie ao lado negro da Força”.